Trechos inesquecíveis – Paul Ricoeur


“No testemunho de nossa memória parece ser possível encontrar pelo menos um sintoma eloquente – na falta de uma prova decerto inalcançável – de que a destinação pacífica da esfera jurídica (destinação à qual o fenômeno do judiciário confere especial visibilidade) é, de certa maneira, tão originária quanto o pendor à violência exibido pelo mal … Continuar lendo Trechos inesquecíveis – Paul Ricoeur

Trechos inesquecíveis – Jacques Derrida


“Para ser justa, a decisão de um juiz, por exemplo, deve não apenas seguir uma regra de direito ou uma lei geral, mas deve assumi-la, aprová-la, confirmar seu valor, por um ato de interpretação reinstaurador, como se a lei não existisse anteriormente, como se o juiz a inventasse ele mesmo em cada caso. Cada exercício … Continuar lendo Trechos inesquecíveis – Jacques Derrida

A origem do problema da justiça – breve esboço fenomenológico


Uma teoria filosófica do justo encontra, assim, sua primeira base na asserção segundo a qual o si só constitui sua identidade numa estrutura relacional que faz a dimensão dialógica prevalecer à dimensão monológica (…). Paul Ricoeur É conhecida a máxima fenomenológica segundo a qual toda consciência é consciência de alguma coisa. Essa objetalidade dos estados … Continuar lendo A origem do problema da justiça – breve esboço fenomenológico