Hospedar o Outro

                        O olhar que o Outro nos lança é sempre a iminência de uma inesperada chegada. A fotografia é, enquanto arte, o retrato em si desse mistério. O Outro está lá, distante, e ainda assim tão próximo que só pode mesmo ‘aparecer’ quando nãoContinuar lendo “Hospedar o Outro”